carregando
Carregando...
Caso a página demore muito para carregar,
aperte o botão "atualizar" do seu navegador ou a tecla "F5".

  • Receba informações e promoções de nosso site.


Mensagens Bíblicas

Geral

A ATITUDE DOS SÁBIOS

13/11/2018 às 17:40h

 

Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.

Salmo 32.2

 

Depois de passar por uma grande tribulação por ter adulterado com Bate-Seba, mulher de Urias, reconhecer seu erro e receber o perdão de Deus, o rei Davi afirmou que feliz é o homem a quem o Senhor não imputa maldade e, em seu espírito, não há engano. Ao entender a necessidade de revelar com sinceridade as suas más obras, você relatará os detalhes, e o Pai celestial o ajudará a obter o perdão.

A confissão verdadeira segue o arrependimento real, no qual a pessoa ignora a opinião dos outros e se concentra em se livrar do mal que a atormenta dia e noite. Porém, depois de se acertar com aquele a quem prejudicou, o arrependido se torna bem-aventurado e está pronto a resistir às investidas do inimigo. A atitude dos sábios os enobrece!

Quando o transgressor é sincero ao contar seu pecado, ele é justificado em Cristo, porque o Senhor já pagou com o próprio sangue o perdão de quem O procura. Após tê-lo recebido, a pessoa é purificada de toda iniquidade e nasce de novo (2 Co 5.17). No entanto, quem tenta diminuir a sua culpa jamais alcança misericórdia, pois o espírito do engano ainda habita o coração dele. Seja firme e livre-se do mal!

Natã mostrou ter descoberto o delito de Davi, então este confirmou ter errado, e isso o fez aceitável aos olhos de Deus (leia 2 Samuel 12). Agir assim demonstra sabedoria; no entanto, é insensato acreditar que esconder a parte mais grave da transgressão irá livrar a pessoa da provável pena imputada pelo ofendido. No Dia do Juízo, ela perceberá que o seu ato a prejudicou e, então, tudo estará perdido.

Geazi omitiu seu erro e tentou enganar o homem a quem Deus mostrava tudo. Por causa da sua atitude, Geazi ficou leproso (2 Rs 5.27). Se tivesse aberto o seu coração, talvez tivesse recebido uma pena mais branda do que essa enfermidade. Esse mal se estendeu a toda a sua família. Deixar de contar seu pecado trará sua condenação, sem misericórdia. Ora, toda mentira milita contra a verdade, e Jesus, o Salvador, é a Verdade. Qualquer iniquidade é contra o Senhor, o qual Se tornou santidade em nosso favor (1 Co 1.30).

Certa ocasião, a dureza do coração de Ananias o matou diante de Pedro e das outras pessoas no templo (At 5.1-10). O apóstolo acusou Ananias de ter mentido contra o Espírito Santo. Quando Pedro perguntou se a casa havia sido vendida pelo valor entregue por ele, o Espírito de Deus falou ao coração de Ananias que dissesse toda a verdade, mas, talvez, com vergonha do homem de Deus e dos outros, ele mentiu. Coitado!

Se Davi tivesse tentado enganar Natã, o qual estava ali em o Nome do Senhor para ajudá-lo, o seu problema se agravaria, e o rei teria sido condenado. Quem peca e não confessa o seu erro se faz merecedor de uma maior pena, porque desprezou a oportunidade de se livrar daquele delito, ser perdoado e restaurado à presença do Altíssimo. Pense nisso!

Fonte: Ongrace

Comentários

Você precisa logar no site para poder enviar comentários. Clique aqui caso ainda não possua um cadastro em nosso site.

     

    1